Os conselhos de uma mãe

Em um texto sincero, bonito e poderoso, a fundadora da rede de franquias Instituto Gourmet – Lucilaine Lima – compartilha o que há de mais valioso no mundo: os conselhos de uma mãe.

Dylan, Luca e João…

O tempo passa bem depressa, mas não esqueço os dias em que cada um de vocês nasceram.
Quando eu os vi pela primeira vez, quando olhei nos olhinhos de cada um, o mesmo sentimento me invadiu: “como eram pequenos, dependentes, como se eu fosse o centro do universo para vocês”…e eu fui durante muito tempo. Até que vocês deram os primeiros passos, caíram, se machucaram, ficaram doentes, lidaram com as inseguranças e processos da vida que nos tornam tão vulneráveis.

Mas quero deixar um segredo registrado nessa carta a vocês três: a vulnerabilidade nos torna grandes! SIM!

É através dela que descobrimos o quão fortes somos, a capacidade de realizar algo que impacte o mundo e faça diferença na vida das pessoas.
Foi a vulnerabilidade que me fez conquistar.
Ela não me deu opções: afinal, você não escolhe os riscos, a exposição emocional e muito menos os desafios que precisará vencer.
Você simplesmente está ali, na arena, pronto para superar aquele desafio – ou não.

Lucilaine com o marido Robson, e os filhos Dylan, Luca e João.

Então, aconteça o que acontecer, FAÇAM O QUE TEM DE SER FEITO.
Eu sei que às vezes pode parecer chato, difícil ou monótono… mas existe um processo que te leva ao lugar de plenitude, e vocês precisam seguir, sem desistir, sem criar “atalhos” – e serem disciplinados, pois a motivação até nos garante uma propulsão por um tempo, mas é a disciplina, o foco, que vai levar vocês onde precisam estar.
Não esqueçam nunca que a essência da vida se chama “relacionamento”, o quanto você é importante para o outro e o quanto dele importa em você.
Isso vai permear toda a trajetória de vida de vocês.

Cuidem de pessoas, transformem vidas, impactem a sua geração e construam um legado, uma história que será contada por outros. Isso tudo com aquela pitada que nasce em todo ser humano; ela está aqui dentro e, de alguma forma, você precisa demonstrar: O AMOR.

Faça com amor, sempre, pois é diferente. Espero muito que vocês sejam sementes que plantem um mundo cada vez mais humano, e que sejam pontos de luz onde chegarem. Que brilhem não só como profissionais, mas como pessoas.

Vocês não precisam ser os melhores DE, mas precisam ser os melhores PARA. Entendem a diferença? Ser melhor no seu trabalho? Não, ser o melhor PARA o seu trabalho.

Independente das decisões que tenham que tomar, não importa o quão difíceis elas sejam, tenham certeza que irão conseguir, não desanimem!
Por fim, quero deixar um discurso que fará diferença na vida de vocês, e que foi um divisor de águas na minha trajetória:

Não é o crítico que importa; nem aquele que aponta onde foi que o homem tropeçou ou como o autor das façanhas poderia ter feito melhor. O crédito pertence ao homem que está por inteiro na arena da vida, cujo rosto está manchado de poeira, suor e sangue; que luta bravamente. Que erra, que decepciona, porque não há esforço sem erros e decepções; mas que, na verdade, se empenha em seus feitos; que conhece o entusiasmo, as grandes paixões; que se entrega a uma causa digna; que, na melhor das hipóteses, conhece no final o triunfo da grande conquista e que, na pior, se fracassar, ao menos fracassa ousando grandemente.

Theodore Roosevelt na Sorbonne em Paris, França, em 23 de abril de 1910.

Vocês são OS HOMENS NA ARENA da vida, então:


• Não ouçam aqueles que estão só “assistindo”, pois não terão muito a lhes acrescentar; no máximo só terão críticas a fazer, pois estão no banco de reservas;
• Vocês podem errar e irão se decepcionar, está tudo bem, pois aprendemos quando erramos, até a natureza é assim, vence quem melhor se adapta. As decepções dependerão da expectativa que VOCÊS mesmos criarão, então, não criem expectativas;
• Se entreguem a uma causa digna, isso é o impacto na vida do seu semelhante. Sejam obedientes aos processos, acolhendo-os um a um, não pulem etapas;


• NÃO TENHAM MEDO: Ousem, pois foi por ousar que, eu e seu pai, construímos uma linda história e transformamos muitas vidas; vocês podem muito mais!

Com amor, Mamãe.