Google aponta um crescimento de 54% em buscas relacionadas ao termo “abertura de franquias”

Ferramenta do Google que mostra as tendências de pesquisa, Google Trends, aponta um crescimento de 54% em buscas relacionadas ao termo “abertura de franquias” na semana de 11 de junho a 17 de junho. Ou seja, um aumento expressivo no interesse pelo segmento do franchising.

Conversamos com Adir Ribeiro – Presidente e Fundador da Praxis Business (Consultoria e Educação Corporativa para o Franchising), para entender como o cenário mundial está impactando na busca por franquias.

Google aponta um crescimento de 54% em buscas relacionadas ao termo “abertura de franquias”

A que você acredita que se deve este aumento na busca por franquias em meio ao cenário atual?

SMZTO

As franquias sempre representaram uma excelente porta de entrada para o empreendedorismo, e no Brasil o modelo de negócios teve forte aderência. Nesse momento de pandemia e com as taxas juros mais baixas da história econômica brasileira, faz sentido a busca por capital produtivo e investimento em negócios.

Além disso, a falta de oportunidades de trabalho (emprego formal), acelera a necessidade das pessoas assumirem mais o seu próprio desenvolvimento e busca por melhores condições econômicas e qualidade de vida.

Sendo assim, a franquia deve ser uma opção de investimento, trabalho, renda e empreendedorismo. 

Obviamente como todo negócio, apresenta riscos, porém bem menores do que negócios independentes, que não fazem parte de uma rede estruturada, com know-how bem desenvolvido, suporte e manuais para transferência de conhecimento.

Você acredita que esse aumento nas buscas vai efetivamente refletir em um crescimento do setor nos próximos 6 meses a 1 ano?

SMZTO

O Franchising nacional vinha crescendo a taxas bastante significativas e superiores ao PIB nacional, porém com a redução do poder econômico e eventual recessão, os negócios e a base instalada de franquias, principalmente por várias operações serem focadas em varejo e lojas (shopping e rua), devem sofrer uma queda.

Portanto, não acredito no crescimento do setor nos próximos 6 meses a um ano, nesse sentido, pela base de operações em funcionamento. Já a procura por franquias mesmo estando em alta, não deve manter as taxas de crescimento anteriores à pandemia.

Porém, o sistema de franchising deve se fortalecer com modelos de negócios com mais foco digital, integração das operações físicas, mais enxutos e com proposta de valor adequada aos novos tempos.

Confira também:

10 dicas para escolher a franquia ideal e fazer acontecer

Qual é a melhor franquia para investir em 2020?