5 importantes aprendizados do franchising durante a pandemia

Por isso, um grande aprendizado é: faça o que é importante antes que se torne urgente.
Por Daniel Almeida

Daniel Almeida – Diretor de expansão e marketing da SMZTO – compartilha 5 importantes aprendizados do franchising durante a pandemia.

O franchising brasileiro

O mercado de franquias que, de acordo com a ABF – Associação Brasileira de Franchising, é formado no Brasil por mais de 160.958 unidades. Além disso, o setor movimentou no ano passado mais de 186 bilhões de reais, gerando 1.458.139 mil empregos diretos.

Assim como outros mercados, em decorrência do COVID-19 foi atingido rapidamente pelas mudanças causadas nos negócios e nas operações das lojas e unidades.

O franchising brasileiro conta com um incansável exército de empresários guerreiros, habilidosos, que enfrentaram diversos momentos desafiadores. Dentre eles, podemos citar os últimos anos com cenários como recessão e crise econômica e política. Mesmo assim, superaram sempre com otimismo, garra e criatividade.

Diante deste novo momento diferente, pois segundo o grande empresário Geraldo Rufino “não existe momento difícil mas sim diferente” – acompanhe a LIVE realizada entre José Carlos Semenzato e Rufino, os empresários brasileiros, grandes marcas franqueadoras e franqueados, se reinventaram e rapidamente colocaram novas soluções para enfrentar, com garra e criatividade, este novo ciclo.

Estas ações trouxeram para o mercado de franquias, incluindo franqueadores e franqueados, diversos aprendizados. 

Abaixo listo 5 que estão sendo muito úteis neste momento e continuarão a ser fundamentais no futuro próximo.

5 aprendizados do franchising durante a pandemia

Escute seus clientes

As decisões devem estar baseadas nas necessidades dos clientes, e uma efetiva forma de conhecê-los é escutando. Está sendo um grande ensinamento para diversas empresas que estão tendo que adaptar não apenas a forma como ela deve atender aos seus clientes, seguindo às novas normas de segurança e procedimentos, mas principalmente ajustando seus processos para a forma como os clientes querem ser atendidos.

Algumas redes de varejo, apesar de oferecerem a opção de os clientes comprarem através de aplicativos, colocaram também atendimento por WhatsApp para os clientes realizarem seus pedidos; aplicativos de entregas ofereceram entregar sem contato com o entregador e outras formas de relacionamento e comunicação foram implantadas.

Estas e outras iniciativas deixam claro a importância de escutar os clientes e oferecer o tipo de serviço atendendo as expectativas, necessidades e desejos que eles possuem.

Mesmo quando o ‘novo normal’ se estabelecer, os clientes buscarão novas formas de consumir e o varejo deverá estar atento a estas formas e rapidamente implantar soluções para atender a estas demandas. Escutar o cliente traz insights de necessidades que podem ser implantadas e melhorar o desempenho das vendas.

Adaptação rápida

Uma habilidade importantíssima que está sendo exigida nos diversos níveis de negócios, é a adaptação rápida.

Após a confirmação do primeiro caso de COVID-19 no Brasil, diversas medidas foram rapidamente implantadas exigindo que o empresário brasileiro fizesse alterações em seu negócio em um curto espaço de tempo. Novos modelos de operações surgiram oferecendo outras formas de atendimento, vendas e entregas.

Equipes de lojas físicas foram deslocadas para realizarem atendimento via WhatsApp. Equipes foram deslocadas para trabalho remoto, mostrando rápida resposta e adaptação por parte de franqueadores e franqueados brasileiros.

Aqueles que conseguiram esta realização sofreram menos do que aqueles que foram mais lentos neste processo, mas com muita habilidade é possível notar a rápida adaptação as mudanças, habilidade esta que será exigida cada vez mais por todos os envolvidos nos negócios.

Seja ágil

Para garantir rápida adaptação é necessário que todos os níveis hierárquicos das empresas, desde as diretorias executivas aos operadores do PDV, atuem rápido. Um grande aprendizado neste momento está sendo que atuação rápida não depende apenas de necessidade ou de vontade, depende de cultura organizacional.

Esta é uma atitude que deve ser inserida na cultura organizacional das empresas, deve fazer parte do dia a dia de todos os colaboradores. Incentive diariamente a agilidade e atuação rápida do seu time, assim quando precisar, eles estarão treinados com este mindset resultando em um time ágil.

Tire os projetos do papel antes que eles se tornem urgentes

Outro grande aprendizado para o franqueador e franqueado brasileiro é a importância de tirar os projetos importantes do papel e colocá-los em prática antes que eles se tornem urgentes.

Algumas empresas brasileiras possuíam, em sua lista de projetos importantes, projetos que entraram e saíram de diversas reuniões com uma lista de prós e contras a serem testadas e validadas antes de se tornarem realidade.

Em poucos dias, a maioria destas empresas viram alguns destes projetos como home-office, venda online e delivery, que eram apenas importantes, virarem urgentes. Mais que isso, serem essenciais para a sobrevivência e continuidade dos negócios. Por isso, um grande aprendizado é: faça o que é importante antes que se torne urgente.

Cuide dos colaboradores

Os pilares principais de todo negócio de sucesso: As pessoas!

Cuide das pessoas, se coloque no lugar de cada um de seus colaboradores, escute-os ativamente. Seu time é tão importante quanto seus clientes. Estando ao lado deles e criando uma cultura de comunicação direta e transparente, resultará em um time mais unido e comprometido.

Quando você precisar, eles estarão ao seu lado e farão toda diferença em busca de um novo normal e uma recuperação dos negócios e da saúde da empresa.