Conheça as ações tomadas pela Espaçolaser para minimizar a crise do COVID-19

Descobrimos nesse momento inúmeras oportunidades de melhoria e ganho de eficiência, além de descobrirmos novas formas de gerar negócios e vendas.
Por Paulo Morais

Diante do cenário imprevisível e desafiador imposto pelo COVID-19, batemos um papo com Paulo Morais, Co-Fundador da Espaçolaser, hoje a maior rede de depilação a laser do mundo, com mais de 500 unidades. Paulo nos contou como o coronavírus impactou o negócio dele, quais as medidas emergenciais que tomou e o que fica de aprendizado em relação ao momento que estamos vivendo.

Quais foram os primeiros impactos dos últimos acontecimentos para a Espaçolaser?

Paulo Morais: Com o lockdown todas as lojas da nossa rede que possui hoje 520 unidades foram fechadas. Somos um varejo de serviços, com isso o primeiro impacto direto foi deixarmos de atender nossos clientes.

Quais são as medidas emergenciais que vocês têm tomado enquanto marca? E quais as medidas definidas junto à franqueadora para minimizar os impactos para os franqueados?

Paulo Morais: Instalamos no mesmo dia nosso comitê de crise que se reúne digitalmente todos os dias às 9:00. Como estratégia analisamos a forma de mantermos parte das receitas por meio dos nossos canais eletrônicos de venda, e organizamos todas nossas equipes de lojas para que passassem a falar com a nossa base de clientes (momento de criar empatia e conexão de clientes com a marca). Junto disso passamos a analisar todas oportunidades para redução de custos.

Para nossa rede de franqueados, que representa 1/3 da nossa rede, suspendemos a cobrança dos Royalties e Fundo de Promoção. Passamos a encaminhar diariamente orientações para que os franqueados pudessem manter receitas – vendas a distância e vendas eletrônicas. Criamos as mesas redondas (digitais), para falarmos com todas as equipes, gerentes e consultoras, para reciclagem e discussão de boas práticas. Estamos buscando linhas de crédito para apoiar franqueados que precisem de apoio nesse momento.

O que você acredita que teremos de aprendizado em relação ao momento que estamos vivendo?

Paulo Morais: Descobrimos nesse momento inúmeras oportunidades de melhoria e ganho de eficiência, além de descobrirmos novas formas de gerar negócios e vendas. Nesse momento criamos duas novas áreas de negócios que antes não existiam e que permanecerão após esse momento. Conseguimos fazer com que todas as equipes se sentissem motivadas e encorajadas a ajudarem nesse momento: Criamos um sentimento de UNIÃO. Voltaremos desse momento histórico mais fortes e melhores.